Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Metodologia
Início do conteúdo da página

Metodologia

Publicado: Segunda, 30 de Janeiro de 2017, 15h09 | Última atualização em Terça, 21 de Fevereiro de 2017, 20h29 | Acessos: 703

O Caderno Metodológico Observatórios do Trabalho: conhecer para transformar, fruto da parceria entre o Observatório Nacional do Mercado de Trabalho (ONMT), da Secretaria de Políticas Públicas de Emprego (SPPE) do Ministério do Trabalho (MTb), e o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) se propõe a apresentar, de maneira clara e objetiva, um conjunto de procedimentos que podem ser adotados para a construção e aplicação de uma metodologia para a análise local do mercado de trabalho, com o objetivo de facilitar e estimular o processo de implantação de Observatórios do Trabalho em nível subnacional, seja no âmbito de secretarias estaduais e municipais de trabalho ou em outro tipo de instituição, como universidades, por exemplo.


Reconhecendo a responsabilidade do MTb na coordenação inter-federativa das políticas públicas de emprego e do sistema nacional de emprego, cuja execução é feita em parceria com os demais entes federados, e, sobretudo, reconhecendo o papel que cabe à União desempenhar no sentido da equalização da capacidade de gestão e implementação das políticas sociais, a SPPE assume o compromisso com o fortalecimento da produção de informações e conhecimento no campo do trabalho e do emprego. E o faz porque acredita que a disponibilização de conhecimento sobre a realidade local e nacional do trabalho e do emprego fortalece a governança das políticas públicas de emprego, trabalho e renda, contribuindo para que os atores envolvidos na sua execução possam tomar decisões levando em conta as prioridades que se colocam a partir da evolução da realidade do trabalho no seu território. 

 

Este Caderno traz uma sistematização da experiência de implementação de observatórios do trabalho desenvolvida e consolidada pelo DIEESE ao longo das últimas três décadas. No desenvolvimento deste trabalho, contou-se também com a contribuição de outras organizações que desenvolvem iniciativas similares. Assim, ao longo do ano de 2015, foram realizadas duas oficinas técnicas, conduzidas pelo DIEESE e pelo Observatório Nacional do Mercado de Trabalho do MTb, com o propósito de reunir e discutir essas experiências e iniciativas.


Desta forma, o Caderno Metodológico Observatórios do Trabalho: conhecer para transformar é um subsídio aos atores sociais e governamentais que desejem estruturar observatórios do trabalho nos estados e municípios brasileiros. Nele é apresentado o que constitui um Observatório do Trabalho e quais as principais características que, entende-se, deveriam configurar esse instrumento, em particular, num contexto de construção da Rede Observatórios do Trabalho.

 

Acesse aqui Caderno Metodológico Observatórios do Trabalho: conhecer para transformar na íntegra. 

registrado em:
Fim do conteúdo da página